quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Boka seku

fonte inter-net
A oralidade é um património que deve ser preservada e incentivada por parte dos órgãos oficiais de Cabo Verde. O Crioulo, Língua Cabo-verdiana, faz parte do imenso património imaterial que tem trazido inúmeros benefícios ao país. Dentro do possível apresentarei alguns poemas que fazem parte do projecto massada (cansado). Mais não digo porque estou xatiadu si, inguisadu si, ku boka seku ta spera txuba e noba di nha terra.

boka seku raganhadu

boka abertu pa mundu

pa tice praga

pa labanta falsu tistimunha

denti kaskadu pa sucundi tristeza

morri di praga

morri di azar

pidi tchuba em vez di sekura

tchora sodadi

lembi kudjer

boka seku raganhadu

boka kaskadu pa mundu

infeita ku sibitchi kontra mau olhadu

odju ragaladu di diskunfiansa

labanta voz num simples gestu

ta spanta num simplis kanson

boka seku raganhadu

boka kaskadu pa mundu

pidi flor pa limia sperança

flor sotadu di sekura

mortu di amor

tchora fronta num passu.


0 comentários:

Enviar um comentário