quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Homenagem: Novo bispo auxiliar de Belém, Brasil, é cabo-verdiano


Parabens meu primo Tiago. Muito Orgulho...

Teodoro Mendes Tavares foi nomeado pelo Para Bento XVI para ser bispo auxiliar em Belém, no Brasil. É cabo-verdiano, natural de Santiago, onde vai ser ordenado a 8 de Março para rumar ao Brasil onde assume funções a 23 de Junho, na Arquidiocese de Belém.

O Papa Bento XVI nomeou-o a 1 de Fevereiro deste ano bispo auxiliar da Arquidiocese de Belém, no Estado de Pará, Brasil, e será ordenado a 8 de Março, na ilha de Santiago, em Cabo Verde, na terra que o viu nascer a 7 de Janeiro de 1964.
Teodoro Mendes Tavares ingressou na Congregação dos Missionários do Espírito Santo em 1984. No mesmo ano viajou para Portugal, a fim de continuar sua formação religiosa e académica, para o ministério ordenado.
Em 1985, iniciou o noviciado e em 1986 fez a primeira profissão religiosa. A profissão perpétua veio em 1989. Antes, em 1986, Teodoro cursou Filosofia na Faculdade de Teologia da Universidade Católica Portuguesa, em Braga. Logo após, em 1988, ele fez o curso de Teologia e Licenciatura em Lisboa.
Foi ordenado presbítero, em Cabo Verde, em 11 de Julho de 1993 e em 1994 chegou pela primeira vez ao Brasil para exercer a Missão na Amazónia.
A solicitação de um bispo auxiliar pelo arcebispo de Belém, Dom Alberto Taveira, foi feita em Junho de 2010 ao Papa e foi aceite em Setembro do mesmo ano. No dia 1 de Fevereiro de 2011, o Santo Padre anunciou a sua escolha.
Para o arcebispo, a experiência de Teodoro Tavares pode ter sido o factor chave na escolha. “O currículo dele, a experiência amazónica, e mesmo a formação académica dele deve ter contribuído para ser escolhido pelo Papa para assumir o cargo”, comenta.
Entre as responsabilidades do novo bispo está a realização de crismas e a formação de pastorais. “Ele vai exercer as mesmas funções do arcebispo. Não há diferenças. Ele vem para dividir as tarefas comigo. Assim que ele começar a actuar vamos sentar e ver o que cada um irá fazer daqui para frente”, afirmou Taveira.
O novo bispo será ordenado no dia 8 de Março na Ilha de Santiago e deve começar na Arquidiocese de Belém no dia 23 de Junho, dia de Corpus Christi. Durante este período de intervalo, Teodoro Taveira deverá “desligar-se das outras funções sacerdotais e começar a dedicar-se exclusivamente à Arquidiocese”.
A Província de Belém, como a Igreja Católica denomina o conjunto de igrejas que fazem parte da Arquidiocese de Belém, conta hoje com 15 Dioceses, entre Pará e Amapá, além da própria Arquidiocese, com sede em Belém.

0 comentários:

Enviar um comentário