quarta-feira, 13 de julho de 2011

Itália recuperou mais de três mil obras de arte no último ano

A Itália é um país conhecido pela sua riqueza histórica e por isso é um dos alvos principais de assaltos a obras de arte. Só no último ano, a Itália conseguiu recuperar mais de três mil obras de arte que tinham sido roubadas
Entre os objectos recuperados está uma estátua de 1488 roubada há 32 anos da catedral de Pama. A peça de mármore, que representa a figura do Rei David, feita pelo escultor Roberto Moffiolo, está avaliada em 750 mil euros. “A operação das autoridades devolveu à nossa catedral uma obra muito bela e que será recolocada no altar. É uma obra que representa um momento muito importante da nossa história”, disse à agência Efe o bispo da catedral Enrico Solmi, explicando que a recuperação da obra de arte ao fim de tantos anos é um sinal em como se pode confiar no trabalho das autoridades e do Ministério da Cultura.
Uma ânfora rara e um copo de vinho, conhecido por Kylix, datados de 525 a.C., foram também recuperados no ano passado, quando estavam preparadas para ser vendidas no mercado negro.
(…)
Fonte: Público, 11.07.2011
Pportodosmuseus

0 comentários:

Enviar um comentário