terça-feira, 8 de novembro de 2011

UNESCO quer memorial em homenagem aos escravos

A Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura – UNESCO – lançou um concurso internacional para criar um memorial permanente em homenagem aos escravos negros. Com isso, a UNESCO procura não deixar cair no esquecimento as milhões de vítimas deste período negro da história humanidade. A obra será montada na sede da ONU em Nova Iorque.


Parte do Ano Internacional das Pessoas Descendentes de Africanos, o concurso internacional agora lançado pela UNESCO irá decorrer sob o lema “Reconhecer a tragédia e tomar consciência da herança para não esquecer”, sendo direccionado a escultores, designers e outros artistas das artes visuais.
O monumento procura gravar este triste período histórico na memória colectiva da Humanidade, procurando não deixar cair no esquecimento as milhões de vítimas de tráfico humano, que durante séculos foram obrigados a uma travessia do Atlântico tantas vezes mortal.
A obra ficará exposta nas margens do East River, “num espaço público prestigioso”, afirmam os responsáveis pelo projecto. O vencedor do concurso será conhecido em meados de 2012. O prémio para a obra escolhida é de 50 mil dólares.
Fonte: A Semana

0 comentários:

Enviar um comentário